MÔNICA DE SOUSA ALVES, Mestre em Sustentabilidade Socioeconômica e Ambiental pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Formada em Comunicação Social pela Universidade de Uberaba (UNIUBE). Especialista em Administração de Marketing pelo Instituto Nacional de Pós-Graduação (INPG); Gestão Pública pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e extensão em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Trabalhou por 10 anos no serviço público. Exerceu a função de professora universitária na Uniube e Universidade do Estado de Minas Gerais e, das escolas Maestro Josino de Oliveira e Lauriston de Souza. Está cursando especialização em Agroecologia no Cerrado, na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG).

Fone: (34) 3423-5214

Endereço: Paul Harris, 101 – Centro

E-mail: meioambiente@frutal.mg.gov.br

Horário de Funcionamento

  • Abre: 08h
  • Fecha: 17h

À Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente compete:

I – Na área de Agropecuária:

  1. promover a realização de estudos e a prestação de medidas visando ao desenvolvimento das atividades agropecuárias e de abastecimento no Município e sua integração à economia local e regional;
  2. articular-se com entidades públicas e privadas para a promoção de convênios e a implantação de programas e projetos nas áreas de agropecuária e abastecimento;
  3. desenvolver programas de assistência técnica às atividades agropecuárias do Município;
  4. desenvolver estudos, programas e projetos com vistas ao desenvolvimento agroindustrial do Município;
  5. executar programas de extensão rural, em integração com outros órgãos municipais, estaduais e federais e demais entidades públicas ou privadas que atuam no setor agrícola;
  6. incentivar e orientar a formação de associações, cooperativas e outras modalidades de organizações voltadas para a produção agrícola e o abastecimento, promovendo a implantação e manutenção da Horta Comunitária;
  7. coordenar com entidades afins, públicas e privadas, e com grupos de produtores locais visando ao desenvolvimento de pesquisas e a difusão de tecnologias apropriadas à agricultura, à pecuária e à piscicultura do Município, implantando e mantendo a estação de piscicultura para a produção de alevinos;
  8. atuar, dentro dos limites de competência municipal, como elemento regularizador do abastecimento da população;
  9. organizar e administrar os serviços municipais de mercados, feiras livres e outras formas de distribuição de alimentos de primeira necessidade;
  10. apoiar as iniciativas populares na área de abastecimento;
  11. selecionar os meios mais efetivos de escoamento e comercialização da produção de alimentos e gênero de primeira necessidade produzidos no Município;
  12. executar programas municipais de fomento à produção agrícola e ao abastecimento, especialmente de hortifrutigranjeiros e grãos, promovendo a implantação do PAT – Programa de Alimentação ao Trabalhador;
  13. promover, em articulação com outros órgãos públicos e privados, a execução de medidas visando ao aproveitamento de incentivos e recursos para a produção agrícola e abastecimento;
  14. promover a execução dos serviços de motomecanização agrícola;
  15. desempenhar outras atividades afins.

II – Na área de Indústria, Comércio e Turismo:

  1. articular-se com organismos, tanto de âmbito governamental como da iniciativa privada, visando ao aproveitamento de incentivos e recursos para o desenvolvimento da indústria e do comércio do Município;
  2. manter intercâmbio com entidades nacionais e internacionais, visando ao desenvolvimento econômico e tecnológico das atividades industriais e comerciais;
  3. dar tratamento diferenciado à pequena produção à pequena produção artesanal ou mercantil, às micro empresas e às empresas locais, promovendo a implantação de pólos setoriais;
  4. articular-se com o empresariado, entidades e associações locais e regionais para a promoção de feiras, congressos, exposições e outros eventos, visando à divulgação do Município e às oportunidades locais de investimentos;
  5. organizar e manter cadastro atualizado relativo aos estabelecimentos industriais, comerciais e turísticos do Município;
  6. propor a execução de projetos e investimentos que busquem valorizar e explorar o potencial turístico do Município em benefício da economia local;
  7. organizar e executar planos, programas e eventos que tenham por objetivo incentivar o turismo no Município;
  8. articular-se com entidades públicas e privadas visando ao apoio e à promoção de eventos turísticos no Município;
  9. organizar e implementar o calendário de eventos turísticos do Município;
  10. desempenhar outras atividades afins.

III – Na área de Meio Ambiente:

  1. buscar recursos e convênios para o Município, a fim de manter padrões aceitáveis de poluição na totalidade dos logradouros públicos;
  2. difundir na população o respeito pelo meio ambiente, efetivando todos os tipos de campanhas necessárias;
  3. fiscalizar as nascentes de córregos do Município, de modo a evitar qualquer dano adicional às matas ciliares;
  4. promover estudos para a adoção de práticas saudáveis em relação ao lixo;
  5. desempenhar outras atividades afins.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente compreende as seguintes unidades diretamente subordinadas ao respectivo titular:

  1. – Departamento de Cooperativismo e Patrulhas Agrícolas;
  2. – Departamento de Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
  • – Departamento de Projetos Especiais e Meio Ambiente;
  1. – Departamento de Apoio à Indústria, ao Comércio e ao Turismo.

Página da secretaria

.

.

.

.

.

.

.

.

Notícias sobre Meio Ambiente

2017© Prefeitura Municipal de Frutal - Departamento Municipal de Comunicação - Desenvolvimento: Antonio Araujo